sábado, 29 de dezembro de 2018

Magic Dance - New Eyes

[PT] "Depois dos últimos trabalhos lançados, a banda Magic Dance traz-nos agora o album “New Eyes” com 10 novas faixas... lançado a 7 de Dezembro através da Frontiers Music, encontra-se disponível em várias plataformas digitais para download."

[ENG] "After some releases the band Magic Dance brings us now a album “New Eyes” with 10 new tracks... released on December 7th through Frontiers Music is now available in several digital platforms for download."

Vanha - Melancholia

[PT] ""Melancholia" é um álbum extremamente lúgubre, cheio de tristeza e agonia, mas ao mesmo tempo um doce amargo."

[ENG] ""Melancholia" is a very gloomy album, full with sadness and agony but at the same time a bittersweet."

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Máquina Apollo


Máquina Apollo é um jovem projecto que reúne nomes cujos percursos musicais são já conhecidos por quem acompanha o underground nacional: Carlos Maldito na bateria (Inkilina Sazabra, Mercic, Cryptor Morbious Family, Kapitalistas Podridão), Pedro Sazabra na guitarra, voz e letrista (Inkilina Sazabra), Pedro Madeira no baixo (Cirrose Caótica) e Carlos Santos “Kaoticko” na voz. O CD homónimo de estreia apresenta 11 temas que espelham bem as raízes dos fundadores da banda: Carlos traz a irreverência do rap, com as suas letras de cariz interventivo e denunciador, enquanto que Pedro Sazabra é o retrato do rock cantado, de lirismo poético e mordaz. Em alguns momentos parece que a banda quer “descolar” do rock falado e abraçar sonoridades mais próximas do industrial mas no geral mantém-se dentro de uma toada equilibrada e condizente com os seus membros. Este é um projeto interessante que vem dar continuidade ao trabalho que os seus membros têm vindo a fazer em nome individual no panorama nacional.

\m/

Máquina Apollo is a young project that gathers names whose musical paths are well known by those o accompany Portuguese underground: Carlos Maldito on the drums (Inkilina Sazabra, Mercic, Cryptor Morbious Family, Kapitalistas Podridão), Pedro Sazabra on the guitars, vocals and lyrics (Inkilina Sazabra), Pedro Madeira on the bass (Cirrose Caótica) and Carlos Santos “Kaoticko” on vocals. The homonymous debut CD presents 11 tracks that show well the roots of the band’s founders: Carlos brings rap’s irreverence, with its intervention and sneaker type lyrics while Pedro Sazabra is the image of sang rock, with poetical and caustic lyrics. In some moments it seems the band wants to “detach” from sang rock and embrace a more industrial sound but in general it keeps within a balanced paced well fit with its members. This is an interesting project that acts as a follow-up from the work its members have been doing individually in the national scene.

\m/

domingo, 23 de dezembro de 2018

Moonshade + Dark Oath + Secret Chord @ Metalpoint

[PT] "Depois de um grande concerto no passado dia 15 no RCA Club, ontem foi a vez do Metalpoint receber os Moonshade para o concerto de apresentação de “Sun Dethroned”; com eles vieram os Dark Oath e os Secret Chord."

[ENG] "After a great gig last 15th at RCS Club, yesterday was the time to Metalpoint welcome Moonshade for a “Sun Dethroned” presentation gig; with them came Dark Oath and Secret Chord."

Moonshade @ Metalpoint - Lenore

Dark Oath @ Metalpoint - Watchman Of Gods

Secret Chord @ Metalpoint - One More Night

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

From Ashes Reborn - Existence Exiled

[PT] "“Existence Exiled” é uma excelente estreia; não sendo um trabalho que se possa incluir nos melhores do ano é, com toda a certeza, um registo de qualidade imprescindível a figurar na colecção de um verdadeiro “metal-head”."

[ENG] "“Existence Exiled” is an excellent debut; it's not a work to be included among the best of the year but, without a doubt, one to be considered a remarkable work indispensable in a true “metal-head” collection."

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Moonshade + Dark Oath + Lvnae Lvmen @ RCA Club

[PT] "Neste passado dia 15 de dezembro o RCA Club em Lisboa abriu as suas portas para o lançamento do álbum de estreia dos Moonshade “Sun Dethroned”, tendo sido também convidadas as bandas Dark Oath e os Lvnae Lvmen para abertura do concerto."

[ENG] "Last December 15th RCA Club opened its doors for Moonshade’s debut album release, “Sun Dethroned”, with the gust bands Dark Oath and Lvnae Lvmen to be in charge of the opening acts."

domingo, 9 de dezembro de 2018

Moonshade - Sun Dethroned

[PT] "A nível musical, este álbum de estreia está no seguimento do EP “Dream | Oblivion” mantendo-se dentro do death melódico a que já nos habituaram; a maior diferença prende-se com uma sonoridade mais próxima do folk/épico, com uma ligeira tendência para um menor uso da parte sinfónica (entenda-se sintetizadores/teclados) e uma maior projecção das guitarras."

[ENG] "Musically speaking, this debut album is on the line of the EP “Dream | Oblivion”, keeping within the melodic death metal spectre they’ve already used us to; the biggest difference relates to a sonority closer to folk/epic with a slight decrease in the use of the symphonic part (by this I mean synths/keyboards) and a bigger projection of the guitars."

Gurilla @ Polly Bar - Call Me [Blondie cover]

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Laurus Nobilis Music 2019


O cartaz da próxima edição do Laurus Nobilis Music Famalicão está [quase] concluído com os anúncios desta semana; em falta fica apenas o nome do último headliner a ser anunciado dia 15 de Janeiro. Assim sendo vamos então recapitular os nomes que vão levar a V. N. Famalicão uma cada vez maior legião de fãs.

Portugal - é bom vermos que por cá o underground está bom e recomenda-se, seja com o surgimento de novos nomes (Sollar) ou com a certeza de outros que já são bastante conhecidos lá fora (Analepsy). A grande aposta deste festival continua a ser na matéria-prima nacional que para o ano contará não só com bandas com algum currículo no meio mas também com nomes que fazem a história do underground nacional: Simbiose, Peste & Sida, Sinistro, Miss Lava, Gwydion, W.A.K.O., HochiminH, Primal Attack, Tales For The Unspoken, Humanart, Wrath Sins, Grimlet, Lyfordeath, Second Lash e Toxikull.

Alemanha - com uma carreira de 3 décadas os death/gothic Crematory vão estrear-se em Portugal. Apesar de terem editado este ano “Oblivion”, espera-se que este seja um concerto “de carreira”. Também com uma extensa carreira vêm os thrahers Contradiction celebrar com os fãs nacionais.

Suécia - a última vez que os Soilwork visitaram Portugal foi em 2014 no Vagos; regressam agora para apresentarem “Verklighte”, álbum agendado para sair em Janeiro próximo. De regresso a Portugal estão também os Entombed A.D. que já são uma presença habitual por cá, sendo esta a sua estreia em Famalicão. Curiosamente a única vez que os Hypocrisy tocaram em Portugal foi exatamente em Famalicão, há 25 anos atrás; este era um regresso a Portugal há muito aguardado pelos fãs.

Itália - mantendo este ano uma forte aposta no death metal nas suas mais variadas vertentes, um dos nomes que não poderia faltar eram os Fleshgod Apocalypse; na bagagem trarão o seu novo álbum a ser editado em 2019.

Espanha - a organização faz questão de todos os anos ter sempre um representante da vizinha Espanha. Depois de nesta edição os Crisix terem dado um concerto memorável, para o ano a honra caberá aos Soldier.

Até lá irão ser anunciados alguns eventos de warm-up, sendo que o primeiro é já nos dias 14 e 15 de Dezembro no Hard Club. Até 31 de Dezembro está disponível um Pacote de Natal do Laurus, (contém 1 passe geral, 1 saco, 1 pin, 1 t-shirt oficial do LNMF 2019, 1 autocolante, 1 patch, 1 postal, 1 autocolante magnético); este pacote pode ser adquirido em www.laurusnobilis.pt.

\m/

Next year’s poster for Laurus Nobilis Music Famalicão is [almost] concluded with this week announcements; is only missing the last headliner that will be announced on January 15th. With this said let’s recap all the names that will make a growing legion of fans head V. N. Famalicão.

Portugal - It’s good to see that our underground is doing well, weather with the emergence of newer names (Sollar) or with the certainty of others that are well known abroad (Analepsy). The biggest bet of this festival is still national feed stock that for next year will count with not only bands with some resume in the scene but also with bands that are part of Portuguese underground history: Simbiose, Peste & Sida, Sinistro, Miss Lava, Gwydion, W.A.K.O., HochiminH, Primal Attack, Tales For The Unspoken, Humanart, Wrath Sins, Grimlet, Lyfordeath, Second Lash and Toxikull.

Germany - with a career of 3 decades death/gothic Crematory will debut in Portugal. Although having released the album “Oblivion” earlier this year, it is expected a “career” gig. Also with an extensive career come thrashers Contradiction to celebrate with national fans.

Sweden - last time Soilwork visited our country was in 2014 at Vagos; they return now to present “Verklighte”, an album scheduled to be released next January. Returning to Portugal are also Entombed A.D. who are by now usual presence here, with this being their debut in Famalicão. Curiously the only time Hypocrisy played in Portugal 25 years ago was in Famalicão; this was a most expected return to Portugal by the fans.

Italy - keeping this year’s major bet on death metal in several of its subgenres, one of the names that could not miss were Fleshgod Apocalypse; with them will bring their newest album to be released in 2019.

Spain - the organization ensures that every year at least one band represents Spain. After this year’s edition were Crisix gave a memorable gig, next year the honor will be given to Soldier.

Until then will be announced more warm-up events being the first next 14th and 15th of December at Hard Club. Until December 31st will be available Laurus Christmas Pack (containing 1 full pass, 1 bag, 1 pin, 1 official LNMF 2019 t-shirt, 1 sticker, 1 patch, 1 postcard, 1 magnet sticker); this package can be acquired at www.laurusnobilis.pt.

\m/

sábado, 1 de dezembro de 2018

Darkest Horizon - Aenigmata

[PT] "O passado mês de Outubro trouxe-nos o lançamento do segundo longa-duração dos Alemães Darkest Horizon, “Aenigmata”. Este é um trabalho onde podemos apreciar o death metal melódico de características muito próprias praticado pela banda."

[ENG] "Last October brought us the release of “Aenigmata”, German Darkest Horizon second album. This is a work where we can appreciate the distinguished melodic death metal the band plays."

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Dead Combo @ Cineteatro António Lamoso

[PT] "Os Dead Combo continuam em digressão para o seu último trabalho “Odeon Hotel”; a sua mais recente paragem foi no passado sábado no Cineteatro António Lamoso, em S. M Feira."

[ENG] "Dead Combo are still on tour with their latest work “Odeon Hotel”; the most recent show took place last Saturday at Cineteatro António Lamoso, in S. M Feira."

sábado, 3 de novembro de 2018

Sweeping Death - In Lucid

[PT] "Por esta altura já não se pode negar que os Sweeping Death são músicos talentosos e “In Lucid” é a prova de que uma banda pode explanar o seu estilo musical sem perder a sua essência. Mais do que inovar, ao segundo registo mostram como se pode fazer a diferença sem se tornar diferente."

[ENG] "At this time is undeniable that Sweeping Death are made of talented musicians and “In Lucid” is the proof that a band can wide their musical style without losing its essence. More than innovating, on the second album they show how to make a difference without becoming different."

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Attick Demons @ Porto

[PT] "Os Attick Demons regressaram ao Porto para um périplo que os ia levar a alguns dos pontos mais emblemáticos do underground da Invicta; na bagagem, traziam a sua nova cerveja artesanal."

[ENG] "Attick Demons returned to Oporto to a trip that would take them to some of the most emblematic spots of Invicta’’s underground; in the luggage brought their newest craft beer."

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

1914 - The Blind Leading The Blind

[PT] "“The Blind Leading The Blind” vai mais além que simples pesquisa temática, é quase como que uma lição de história e tendo em conta a data de lançamento, posiciona-se como uma homenagem a todos os que combateram na Grande Guerra."

[ENG] "“The Blind Leading The Blind” goes beyond simple theme research, it’s almost an history lesson and having in mind the release date, it stands out as an homage to all who fought in the Great War."

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Revenge Of The Fallen - Pareidolia


De Cascais chega-nos um coletivo com uma sonoridade que reflete um misto de sentimentos, uma espécie de alter ego dos seus músicos, como se a banda fosse um lugar seguro onde manifestam o seu dia-a-dia. Bateria forte e guitarras que ora soam sujas e cheias de raiva, ora limpas e tristes, são a marca que os Revenge Of The Fallen imprimem nas suas 4 composições que formam o EP de estreia “Pareidolia”. A voz de Cláudio Santos acaba por ter um papel importante nessa forma de ser, flutuando entre passagens limpas, roucas e ligeiramente guturais; neste capítulo lembra um pouco Corey Taylor, como que aqui soando ao somatório de Slipknot com Stone Sour. O single de avanço “Vicious Pride” diverge um pouco dos outros 3 temas com um groove e uma agressividade próprios. A experiência dos seus elementos noutra bandas faz com que tudo pareça mais fácil, trazendo diversas influências que se mesclam neste EP, mostrando o rumo a seguir e perspectivando um futuro risonho.

\m/

From Cascais comes a collective whose sonority reflects a mixture of feelings, some sort of alter ego of its musicians, like if the band was kind of a safe place where they can manifest their daily routine. Strong drums and guitars that sound dirty and filled with anger, afterwards clean and sad, are distinctive marks that Revenge Of The Fallen imprint in their 4 songs that compose debut EP “Pareidolia”. Cláudio Santos’ voice ends up having an important role in this way to be, floating between clean, harsh and slightly guttural passages; in this chapter it reminds me a little bit of Corey Taylor, sounding here like a sum of Slipknot and Stone Sour. The debut single “Vicious Pride” slightly drift apart from the other 3 tracks with an aggressiveness and groove of its own. The band members experience on other bands makes it all look so simple, bringing diverse influences that mix together in this EP, showing the way to follow and foreseeing a bright future.

\m/

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Status Quo @ Campo Pequeno

[PT] "Quase que tínhamos de esperar tantos anos quantos os álbuns da discografia dos Status Quo para os recebermos novamente em Portugal. Felizmente não foi preciso tanto e ao fim de 30 anos voltaram para um grande concerto que teve lugar no passado dia 29 de Setembro, no Campo Pequeno."

[ENG] "We almost had to wait as many years as the number of albums in Status Quo’s discography to welcome them again in Portugal. Fortunately not quite as much was needed and after 30 years they came back to a great show that took place at Campo Pequeno, Lisbon, on September 29th."

sábado, 29 de setembro de 2018

Haunted Gods - Myths & Tales

[PT] "Espanha sempre mostrou grande apreço pela sonoridade power metal, por isso não é de admirar que de lá nos cheguem muitas amostras desse estilo. Uma das mais recentes apostas recai nos Catalães Haunted Gods que lançaram recentemente o EP de estreia “Myths & Tales”, composto por 4 faixas com diferentes abordagens ao estilo."

[ENG] "Spain has always shown great appreciation for power metal, so it’s not a surprise that we get a lot of those bands coming from there. One of the recent bets lays on Catalans Haunted Gods that have recently released the debut EP “Myths & Tales” composed by 4 tracks with different approaches to the style."

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Gaerea + Batushka @ Hard Club

[PT] "Pequeno registo fotográfico da passagem dos Gaerea e Batushka pelo Hard Club, inserido na tournée “End Of Litourgiya European Pilgrimage”."

[ENG] "Small photographic record of Gaerea and Bathushka gig at Hard Club, included in “End Of Litourgiya European Pilgrimage” tour."

sábado, 15 de setembro de 2018

Mercic - Mercic 4

[PT] "“Mercic 4” surge como um acumular de influências do seu autor ao mesmo tempo que desempenha um papel catártico do que o rodeia. Este tipo de trabalhos podem não apelar de forma direta ao ouvinte casual mas têm um papel importante na desconstrução de mitos e barreiras no underground, ao mesmo tempo que se apresentam de forma simples e desprovidos de ornatos."

[ENG] "“Mercic 4” appears as gathering of influences of its author at the same time it has a cathartic role of what surrounds him. These kind of works may not be so direct appealing to the casual listener but have an important role in deconstructing myths and barriers on the underground, at the same time presenting themselves in a simple way and props deprived."

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Onysus - Dyosun: Between Two Worlds

[PT] "Onysus é um projeto ambicioso e “Dyosun: Between Two Worlds” é o resultado da materialização de uma conceptualidade que se inspira numa atualidade social onde as diferenças marcam os limites entre os povos."

[ENG] "Onysus is an ambitious project and “Dyosun: Between Two Worlds” is the embodiment achievement of a conceptuality that gets inspired by contemporaneous society where differences determine boundaries between nations."

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Vagos Metal Fest 2018 - Dia 4 / Day 4

[PT] "Reportagem do quarto dia do Vagos Metal Fest 2018, com links para fotos e vídeos."

[ENG] "Report of Vagos Metal Fest 2018 forth day, with links for photos and videos."

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Vagos Metal Fest 2018 - Dia 3 / Day 3

[PT] "Reportagem do terceiro dia do Vagos Metal Fest 2018, com links para fotos e vídeos."

[ENG] "Report of Vagos Metal Fest 2018 third day, with links for photos and videos."

sábado, 25 de agosto de 2018

Vagos Metal Fest 2018 - Dia 2 / Day 2

[PT] "Reportagem do segundo dia do Vagos Metal Fest 2018, com links para fotos e vídeos."

[ENG] "Report of Vagos Metal Fest 2018 second day, with links for photos and videos."

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Vagos Metal Fest 2018 - Dia 1 / Day 1

[PT] "Reportagem do primeiro dia do Vagos Metal Fest 2018, com links para fotos e vídeos."

[ENG] "Report of Vagos Metal Fest 2018 first day, with links for photos and videos."

domingo, 19 de agosto de 2018

Suicidal Tendencies @ VMF 2018 - Lost Again

Ensiferum @ VMF 2018 - Two Of Spades (Acoustic)

Municipal Waste @ VMF 2018 - I Want to Kill the President + Black Ice + ...

Integrity @ VMF 2018 - Sons of Satan [Vermapyre Cover] + Rise

Ross The Boss @ VMF 2018 - Blood Of My Enemies

Feed The Rhino @ VMF 2018 - The Burning Sons (Wall of Death)

Schammasch @ VMF 2018 - Metanoia

Dark Embrace @ VMF 2018 - Dark Embrace

Stonerust @ VMF 2018 - My Only God Is Dead

sábado, 18 de agosto de 2018

Enslaved @ VMF 2018 - Svarte Vidder

Kamelot @ VMF 2018 - When The Lights Are Down

Carach Angren @ VMF 2018 - In De Naam Van De Duivel

Sonata Arctica @ VMF 2018 - Closer To An Animal

Bölzer @ VMF 2018 - I Am III

Gwydion @ VMF 2018 - Math Of War

Simbiose @ VMF 2018 - Trapped

Wicked Inc @ VMF 2018 - Time To Go

Lost In Pain @ VMF 2018 - Lost In Pain

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Impera @ VMF 2018 - Weightless

Dust Bolt @ VMF 2018 - Taking Your Last Breath

Analepsy @ VMF 2018

Orphaned Land @ VMF 2018 - Like Orpheus

Theriomorphic @ VMF 2018 - The Beast Brigade part I

Insammer @ VMF 2018 - Seeds + Darkness

Trinta E Um @ VMF 2018 - Coma 85

Destroyers Of All @ VMF 2018 - Into The Fire

Booby Trap @ VMF 2018

domingo, 29 de julho de 2018

The Godiva @ LNMF 2018 - Empty Coil

Dark Tranquility @ LNMF 2018 - Force of Hand

Tarantula @ LNMF 2018 - The Great Dragon

Crisix @ LNMF 2018 - Xenomorph Blood

The Temple @ LNMF 2018 - War Dance

Revolution Within @ LNMF 2018 - From Madness To Sanity

Low Torque @ LNMF 2018 - Mutant

Legacy of Cynthia @ LNMF 2018 - Lygophilic

sábado, 28 de julho de 2018

Web @ LNMF 2018 - Taking The World

Mata-Ratos @ LNMF 2018

Equaleft @ LNMF 2018

Septicflesh @ LNMF 2018 - Pyramid God

Hills Have Eyes @ LNMF 2018

Nine O Nine @ LNMF 2018 - Aquilam

In Vein @ LNMF 2018 - Infinite Night

Sotz @ LNMF 2018 - Reborn

domingo, 15 de julho de 2018

Talking with Alberto Bessa form Anywhereoutoftheworld

[PT] Anywhereoutoftheworld é o projeto do Portuense Alberto Bessa cuja materialização em trabalho de estreia homónimo se deu no final do ano passado. Decidi trocar algumas palavras com ele para tentarmos saber mais sobre este projecto, o seu mentor e as suas ambições musicais.

[ENG] Anywhereoutoftheworld is Oporto natural Alberto Bessa’s project whose embodiment in a homonymous debut release took place late last year. I’ve decided to exchange some words with him so we could know more about this project, its mentor and his musical ambitions.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Falcun - Kingdom Come

[PT] "“Kingdom Come” teve a capacidade de nos trazer à memória sons da nossa juventude, esperemos que os Falcun desenvolvam maturidade musical para nos levar mais além."

[ENG] "“Kingdom Come” was capable of bringing back to memory the sounds of our youth, lets hope Falcun will develop enough maturity to take us further."

terça-feira, 3 de julho de 2018

Talking with Wieland, the man behind Nebelhorn

[PT] "Há onze anos atrás Wieland lançava “Fjordland Sagas”, segundo álbum do seu projeto a solo Nebelhorn. Após uma longa ausência ele está de volta com mais histórias vikings debaixo do nome “Urgewalt”."

[ENG] "Eleven years ago Wieland released “Fjordland Sagas”, second album of his solo project Nebelhorn. After a long absence he’s back with more viking stories under the name “Urgewalt”."


domingo, 17 de junho de 2018

Talking with Navidon about the band and their music

[PT] "Há algumas semanas atrás fiz referência aos Brasileiros Navidon e ao single “Factory of the Foolish Boys”, retirado do EP de estreia “Mindfolded”. Chegou agora o momento de conhecermos um pouco mais a banda que tem Portugal como destino para alguns concertos ainda este ano."

[ENG] "A few weeks ago I made reference to Brazilian band Navidon and their single “Factory of the Foolish Boys, taken from the debut EP “Mindfolded”. Now came the time for us to know more about the band that has Portugal has destination for some gigs later this year."


segunda-feira, 11 de junho de 2018

Barros - More Humanity Please...

[PT] "A Paulo Barros só faltava mesmo um trabalho em nome próprio. Pois ele aí está, com data de lançamento agendada para 29 de Junho via Rockshots Records, “More Humanity Please…”."

[ENG] "To Paulo Barros was only missing a work in its own name. Well here it is with release date scheduled for June 29th via Rockshots Records, “More Humanity Please…”."

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Sense Of Fear - As The Ages Passing By

[PT] "Pode-se dizer que “As The Ages Passing By...” é uma espécie de marco que a banda já procurava alcançar à algum tempo. Como diz o título, o tempo não pára e encarregar-se-á de dizer se este foi um objectivo conseguido ou apenas uma etapa a ser transposta."

[ENG] "We might say that “As The Ages Passing By...” is some sort of achievement that the band was seeking for quite some time. As the title says, time doesn’t stop and will tell if this was a goal achieved or just a stage to be overstepped."

terça-feira, 5 de junho de 2018

The Chapter - Angels & Demons

[PT] "Vale a pena esperar por obras que nos retorcem a alma e nos ajudam a purgar demónios."

[ENG] "It’s worth waiting for works that twist our soul and help us purge demons."

domingo, 3 de junho de 2018

Azagatel - SOL


Decorria o ano de 2013 quando vi pela primeira vez os Azagatel; à altura tinham lançado à pouco tempo “Lux-Citanea”, sexto trabalho da banda. A verdade é que fiquei rendido ao seu som e lirismo, maioritariamente versando sobre povos e mitos que estão na base da cultura e história do povo Português. No passado mês de Abril lançaram o seu novo trabalho, EP “SOL”. Este registo diverge um pouco da sua sonoridade habitual, apresentando-se num formato semi-acústico que confere às composições uma envolvência tribal e crua, enfatizando ainda mais a ancestralidade contida nas letras. Em relação a estas o destaque vai para a escolha da língua materna nas vocalizações de todas as músicas, uma mais-valia para a contextualização destes relatos de inspiração histórica e uma justa homenagem a um povo que se quer de queixo erguido pela sua história.

Estes bardos modernos regressam com um trabalho que merece destaque, tanto pela sua qualidade musical como pelas alterações registadas na sua sonoridade. Este tipo de abordagem musical é algo que deve ser mantido e até melhorado, podendo até mesmo levar no futuro a algo mais épico; inspiração nas lhes falta tal a riqueza cultural dos povos em que se inspiram.

\m/

It was the year 2013 when I first saw Azagatel live; at the time they had recently released their sixth album, “Lux-Citanea”. The truth is that I fell to their sound and lyrics, mainly talking about people and myths that are the base of the Portuguese history and culture. Last April they’ve released a new work, EP “SOL”. This record varies a little bit from Azagatel’s usual sonority, presenting itself in a semi-acoustic format which grants the compositions a more crude and tribal environment, emphasizing even more the ancestry contained in the lyrics. Regarding the lyrics the highlight goes to the choice of singing in native language in all songs, an added value for the contextualization of this history based tales and a joust homage to a people that one wants to be chin up for their history.

These modern bards return with a work that deserves particular emphasis, both by its musical quality as for the changes made in its sonority. This type of musical approach is something to keep and even refined, it may even lead in the future to something epic; they don’t lack inspiration such is the cultural richness of the people they get inspiration from.

\m/

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Tragul - "My Last Words" Lyric Video


O projecto de metal sinfónico de formato "música-a-música" Tragul do Paraguaio Adrian Benegas lançou no passado dia 25 um novo vídeo com letra, desta feita para o single “My Last Words”. Em relação ao anterior, apresenta uma entrada mais intensa derivando depois para um power metal operático com forte presença de guitarras acompanhadas de teclados, dando uma atmosfera mais teatral à composição. \m/

\m/

Symphonic metal project of "step-by-step format" Tragul from Paraguaian Adrian Benegas released last 25th a new lyric video, this time for the single “My Last Words”. Compared to the previous one, presents a more intense opening changing afterwards to an operatic power metal with strong guitar presence accompanied by keyboards, giving a more theatrical atmosphere to the composition. \m/

\m/


quarta-feira, 30 de maio de 2018

North Music Festival 2018

[PT] "A segunda edição do North Music Festival decorreu na Alfândega do Porto entre os dias 25 e 26 de Maio."

[ENG] "North Music Festival second edition took place at Alfândega do Porto on the 25th and 26th of May."

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Emerging Chaos - The Roots Of Lunacy


Chega aquela altura na vida das bandas em que têm de optar pelo que lançar a seguir. Essa questão apresentou-se aos Emerging Chaos, banda death/thrash do Barreiro, enquanto preparavam o sucessor do EP “The Decay of Mankind”. Em boa hora optaram pelo longa-duração, criando assim um registo que é um bom reflexo do seu som.

Tive oportunidade de ver a banda ao vivo no passado Lord Metal Fest, ficando com muito boa impressão. Pode-se caracterizar a sua sonoridade como sendo maioritariamente death/thrash numa vertente mais melódica mas nem por isso menos agressiva; aliás, nesse capítulo a voz gritada de Jim Gäddnäs faz bem a diferença, mantendo as músicas numa cadência constante ao longo do álbum. Composto por 9 faixas, “The Roots Of Lunacy” mantém uma linearidade musical coesa mas não repetitiva, com um lirismo centrado nas ilusões sociais e suas consequências; devido à grande versatilidade e abrangência da temática (e fruto das diversas influências dos seus elementos), os Emerging Chaos aliam à já referida base musical riffs bem estruturados, passagens thrash old school mais diretas ou outras mais densas e misteriosas. “The Roots Of Lunacy” é um álbum de estreia bem conseguido, bem balanceado e com harmonia.

\m/

There comes the time in life when bands have to choose whether to release next. That question presented to Emerging Chaos, Barreiro’s death/thrash metal band, while preparing the successor for the EP “The Decay of Mankind”. In good time they’ve chosen an LP thus creating a record that it’s a good example of what their sound is.

I had the opportunity the see the band live last year at Lord Metal Fest and I got a good impression. We can describe their sonority as being mainly death/thrash with a more melodic approach but nevertheless less aggressive; in fact, regarding that subject Jim Gäddnäs’ screamed voice is very distinctive, keeping the musics in a consistent cadence throughout the entire album. With a total of 9 tracks, “The Roots Of Lunacy” keeps a cohesive musical linearity yet non repetitive, with lyrics focusing on social illusions and their consequences; due to the vaste versatility and coverage of the topic (and as a result of band members diverse influences), Emerging Chaos add to the above mentioned musical base well structured riffs, some old school thrash passages or others more dense and mysterious. “The Roots Of Lunacy” is a well achieved debut album, well balanced and with harmony.

\m/

Laurus Nobilis 2018 Press Conference


Decorreu hoje a conferência de imprensa do Laurus Nobilis Music Fest, dando assim o arranque oficial para mais uma edição deste festival.

À semelhança dos anos anteriores a apresentação geral do evento e demais informações ficou a cargo de Pedro Moniz (toda a informação pode ser consultada aqui). Na edição deste ano a aposta da organização foca-se mais em sonoridades alternativas dentro do espectro rock e metal, pois tem sido este público-alvo a marcar maior presença desde a 1ª edição do evento. Outra novidade desta edição é a inclusão de um terceiro palco (“Faz A Tua Cena”) onde projectos emergentes das mais variadas áreas culturais poderão mostrar o seu valor. Conforme frisou Aguiar Silva, cerca de 70% da oferta que se pode encontrar lá é de acesso gratuito, desde o palco já referido e o Palco “Estrella Galicia”, as áreas de lazer, restauração e campismo, sendo só o recinto reservado ao Palco “Porminho” (principal) o único que é pago, tornando-se assim o Laurus Nobilis um ponto de encontro cultural diversificado e a baixo custo para quem lá se desloca. A produção musical e gestão de bandas este ano fica a cargo de André Matos (Raising Legends), enquanto que António Freitas (Antena 3) vai continuar encarregue da animação after hours acumulando também o cargo de Embaixador do evento. Presente esteve também o Vereador Leonel Rocha em representação da Câmara de VN Famalicão, sendo possível através da suas palavras perceber o apoio que a Autarquia continua a dar ao evento bem como uma maior aposta do Município noutras atividades culturais. A terminar a conferência de imprensa, e após uma sessão de perguntas, tempo para se ouvirem algumas Tralhas Melódicas; se não sabem o que são, apareçam no Laurus para descobrirem tudo. Só faltas tu!

\m/

Today took place Laurus Nobilis Music Fest press conference, thus giving the official start to another edition of this festival.

Like on the previous years the general presentation and further informations was in charge of Pedro Moniz (you can check all the info here). On this year edition the organization focuses more in alternatives sonorities within the spectre of rock and metal because this target audience has been the one with greater representation since first edition. Other news is the addition of a third stage (“Do Your Own Scene”) were emerging projects from various cultural areas can reveal themselves. As Aguiar Silva stated, nearly 70% of the offers we can find there are of free access, like the above mentioned stage and “Estrella Galicia” Stage, recreation areas, catering and camping, being only the “Porminho” Stage (main) the only one with entrance fee and thus making Laurus Nobilis a culturally diverse and low cost gathering point for those going there. The musical production and band management this year will be in charge of André Matos (Raising Legends) while António Freitas (Antena 3) will keep being in charge of after hours entertainment also combining the place of event’s Ambassador. Attending was also Town Councilor Leonel Rocha representing VN Famalicão town house, being able through his words to perceive that the council will continue to support the event as well as betting more on other cultural activities. Ending the press conference, and after a short session of questions, time to listen to some Tralhas Melódicas; if you don’t know what it is, be sure to attend Laurus to find out. You’re the one missing!

\m/

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Nebelhorn - Urgewalt

[PT] "Nebelhorn canta sempre sobre eventos relacionados com os vikings e a sua mitologia. “Urgewalt” não é um disco conceptual mas segue essa linha, com o alinhamento estruturado de forma temporal a poder contar uma qualquer história que, apesar de ter começado revolta e tumultuosa, tem um final feliz."

[ENG] "Nebelhorn always sangs about events viking related and their mythology. “Urgewalt” is not a conceptual album but follows that line with an alignment structured in a timeline that makes it possible to tell any story that, although it starts in a commotion and hectic, has an happy ending."